Feno Grego – Conheça os benefícios e entenda para que serve

Feno Grego – Conheça os benefícios e entenda para que serve
4.5 (89.29%) 28 vote[s]

O Feno Grego é um tipo de erva de caráter nativo que pode apresentar muitas vantagens para a saúde. Além de atuar na prevenção de inúmeras doenças, é capaz de compor o organismo com as vitaminas necessárias.

feno grego
Sementes de Feno-Grego

Para que Serve?

É um tipo de erva de origem europeia e asiática, mais conhecida como “alfarva”. Trata-se de um dos mais antigos elementos medicinais com cultivo, e tem utilidade terapêutica. O feno-grego, atualmente, faz parte da agricultura de vários países.

Pode alcançar a 0,3 metros a até 0,8 metros de estatura, composto por flores nas cores brancas que aparecem em início do verão e têm desenvolvimento numa espécie comprida, amarelada ou em marrom das cascas que fazem o abrigo das suas sementes.

Este elemento apresenta uma diversidade de benefícios. Tem consideração como uma substância anticancerígena, redutora dos graus da glicose para quem tem diabetes e apresenta uma funcionalidade antioxidante, impedindo os prejuízos provocados pelos radicais livres.

Composição

O feno-grego apresenta, nas sementes, os seguintes compostos e propriedades benéficas:

  • niacina;
  • vitamina C;
  • potássio;
  • proteínas;
  • diosgenina;
  • lisina;
  • alcaloides;
  • L-triptofano.

Tal erva tem consideração como uma planta capaz de melhorar a digestão aliada a uma função aprimorada do sistema, em questão. É possível o consumo com o objetivo da perda de gordura corporal. Isto porque é uma substâncias laxante e inibidora do apetite.

Ainda, o feno-grego é capaz de reduzir os desconfortos do período da menstruação, minimizando os sinais da menopausa. É possível que o seu uso aconteça de maneira a promover o tratamento das seguintes condições:

  • anorexia;
  • anemia;
  • celulites;
  • gastrites;
  • condições de desenvolvimento infantil;
  • inflamação;
  • caspa;
  • queda de fios de cabelo;
  • furúnculos.

Uma das principais utilidades e vantagens da erva, em questão, portanto, é o estímulo da produtividade do leite em público feminino que amamenta. O público materno sente a elevação da produtividade do leite 24h a 72h depois da primeira dosagem da erva.

Saúde Sexual

Esta dose compreende o quantitativo de 3500 mg ao dia e é essencial para a produção de todos os seus benefícios.

Em razão dos elementos estrógenos da erva, as sementes possibilitam o uso para um aumento da libido e redução dos sinais de ondas calorosas.

Suas propriedades também auxiliam a diminuir a oscilação do humor, o que acontece muito em fase do climatério e TPM.

Propriedades

A erva é um dos elementos mais antigos da medicina natural, e é composta por nutrientes essenciais para que o organismo funcione adequadamente. Dentre eles, podemos citar:

  • zinco;
  • cálcio;
  • ferro;
  • betacaroteno.

É composta por fibras alimentares, que apresentam a capacidade de aprimorar a função metabólica da glicose. Ainda, é composta por taninos, mucilagem, hemicelulose e pectinas.

Tudo isso é responsável pela inibição de absorções dos sais da bile intestinal. Por isso, é muito fácil controlar o colesterol com esta substância natural.

A erva, em questão, também apresenta proteínas denominadas como:

  • albumina;
  • lecitina;
  • globulina.

Este elemento apresenta uma proporção alta de substâncias dos aminoácidos, capazes do estímulo do exercício insulínico. Há, também, um quantitativo pequeno de elementos vitamínicos como:

  • vitamina A;
  • vitamina B1 e B2;
  • vitamina C.

Benefícios do Feno Grego

A planta medicinal também oferece inúmeros benefícios, capazes de atuar na manutenção da saúde. Confira:

Sistema Imunológico

A erva apresenta efeito anti-inflamatório. A ação ocorre em razão dos alcalóides, flavonoides e saponinas. Estes elementos auxiliam a tratar as inflamações de caráter crônico.

Estas plantas também apresentam efeito antimicrobiano, que auxilia no combate de vários micro-organismos como fungos, vírus e bactérias.

Sistema Gastrointestinal

Este elemento tem utilidade em diversas condições digestivas, como as seguintes:

  • inflamação estomacal;
  • má digestão;
  • dores gástricas;
  • prisão de ventre;
  • inflamação intestinal.

Em razão de ser composta pela fibra solúvel, auxilia a evitar a constipação. Os óleos essenciais desta erva também ajudam a aprimorar a digestão. Esta planta medicinal também promove o alívio da colite ulcerativa, em razão da ação anti-inflamatória.

Saúde Hormonal

A erva auxilia a manter as substâncias hormonais femininas balanceadas, reduzindo sinais de TPM e menopausa. Para tanto, é fundamental acrescentar esta planta na alimentação diária com quantitativo de 3 gramas ao longo das refeições.

Saúde Cardíaca

Auxilia na redução do grau do colesterol e do nível de lipoproteína LDL. É capaz de atuar na prevenção de diversas patologias como o AVC, aterosclerose, ataques do coração e afins.

Suas sementes apresentam 25% de galactomanano. Trata-se de uma fibra natural solúvel com referência específica a reduzir patologias cardiovasculares.

Controle de Diabetes

A erva auxilia a controlar a diabetes tipo 2, que tem fartos documentos por diversos estudos e pode, também, auxiliar do tipo 1.

As pesquisas científicas revelaram que a erva, em questão, adicionada à alimentação dos diabéticos promovem a redução do grau do açúcar na urina, em até 54%.

Alívio da Constipação

Esta erva medicinal faz a adição do volume nas fezes, em razão da alta quantidade de fibras. Isto ajuda a tratar a constipação e a diarreia, aliviando também a indigestão.

Como Tomar?

Os fragmentos utilizados da erva medicinal são as suas sementes. Nelas, é possível encontrar todas as propriedades benéficas. As sementes podem ter uso moído e diluído no leite, bem como em infusões, cápsulas e afins.

Compressas

Para o uso em gargarejos, compressas e lavagem vaginal, o ideal é fazer uso de duas colheres da semente em uma xícara de água. Ferva as sementes na água em 10min.

Depois disso, coe e utilize o chá em compressas na região do couro cabeludo para tratar calvície e caspas também.

Chá

Utilize uma xícara de água em temperatura fria com duas colheres do feno grego. Deixe repousar por 3h, e depois ferva os elementos, coando e bebendo em temperatura morna.

O ideal é consumir o chá 2x por dia para tratar as condições mencionadas da TPM, constipações e afins.

Cápsulas

Consuma 1 cápsula do elemento medicinal, 2h antes de se alimentar, com dois copos de água ou de acordo com recomendação de profissionais.

Torne a sua saúde mais destacável com o auxílio de produtos naturais! Consuma o feno grego e melhore a qualidade de vida!

1 comentário em “Feno Grego – Conheça os benefícios e entenda para que serve”

Deixe um comentário